sábado, 24 de agosto de 2019

Hermanúbis


Na Mitologia Clássica, Hermanúbis ou Ἑρμανοῦβις é um deus que combina Hermes (Mitologia Grega) com Anpu (Mitologia Egípcia). Ele é descrito como filho de Seth e Néftis. Hermes e Anpu possuem responsabilidades semelhantes, ambos são condutores de almas.
Ele era popular durante o período de dominação romana sobre o Egito. Descrito como tendo um corpo humano e cabeça de chacal, com o sagrado caduceu que pertencia ao deus grego Hermes, ele representou o sacerdócio egípcio, envolvido na investigação da verdade. Ao longo do tempo, começou a perder popularidade e na queda do Império Romano foi quase esquecido.

O nome divino Ἑρμανοῦβις é conhecido a partir de um punhado de fontes epigráficos e literários, na maior parte do período romano. Plutarco cita o nome como denominação de Anpu em seu aspecto do Submundo, enquanto Porfírio refere-se a Hermanúbis como σύνθετος "compositor" e μιξέλλην "meio-grego".

Embora não era comum na religião grega tradicional combinar os nomes de dois deuses dessa maneira, Hermanúbis tem alguns paralelos formais com o período anterior. O mais óbvio é o deus Hermafrodito, atestado a partir do século IV a.C em diante, mas o seu nome implica na união de dois deuses diferentes (Hermes e Afrodite), em vez de uma assimilação da forma de Hermanubis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário